Carência: Saiba quando começar a usar seu novo plano

Uma das dúvidas mais importantes quando pensamos em trocar de plano de saúde é : "Será que vou poder utilizá-lo caso aconteça alguma coisa, ou irei ter que cumprir carência?"

Uma das dúvidas mais importantes quando pensamos em trocar de plano de saúde é : "Será que vou poder utilizá-lo caso aconteça alguma coisa, ou irei ter que cumprir carência?"

Nesse sentido, para ficar claro, a carência é o tempo que você terá que esperar para ser atendido pelo plano de saúde em um determinado procedimento.

Para saber a partir de quando você poderá utilizar seu plano após a contratação, é importante verificar os prazos de carência. Essa informação deverá sempre estar prevista no seu contrato.

Pela legislação de planos de saúde, para planos individuais ou familiares novos ou adaptados, contratados a partir de 02 de janeiro de 1999 ou adaptados à lei, a empresa que vende o plano de saúde pode exigir:

Situação Tempo a ser aguardado após a contratação do plano de saúde*
Casos de urgência (acidentes pessoais ou complicações no processo gestacional) e emergência (risco imediato à vida ou lesões irreparáveis) 24 horas 
Partos a termo, excluídos os partos prematuros e decorrentes de complicações no processo gestacional 300 dias
Demais situações 180 dias
Atenção: * Esses são limites de tempo máximos. Isso quer dizer que a operadora de planos de saúde pode exigir um tempo de carência menor que o previsto na legislação.
fonte: ANS - Agência Nacional de Saúde Suplementar
Tecnologia do Google TradutorTradutor